Infiltração de Viscosuplemento

Infiltração de Viscosuplemento

Infiltração significa aplicar produtos por meio de injeção dentro de um tecido ou área anatômica. Quando falamos sobre infiltração estamos nos referindo à injeção de uma medicação que pode ser colocada em qualquer parte do sistema musculoesquelético (tendões, músculos, ligamentos, dentro de uma articulação). O objetivo é tratar uma patologia mais próximo possível de onde ocorre; sendo procedimento comumente usado na traumatologia esportiva.

Este procedimento é feito, na maioria das vezes, em articulações como joelho, coluna, quadril, ombro ou pé, apesar de também pode ser feito em tendões e até em músculos, com a aplicação de algumas substâncias, entre elas uma classe de substâncias chamada viscossuplemento.

O viscossuplemento é produto derivado de ácido hialurônico que se destina a criar uma espécie de película protetora para atrasar a progressão da osteoartrite/artrose em algumas articulações e aliviar a dor (exemplo osteoartrite do joelho, tornozelo etc.). Os produtos existentes para comercialização se diferenciam nos seus métodos de produção e na sua composição, podendo ser de peso molecular menor, igual ou maior que o do líquido sinovial. Estas características químicas dos diversos medicamentos são temas de debate entre os especialistas na tentativa de esclarecer qual a melhor composição de viscossuplemento, mais ainda as conclusões não são uniformes.

O tratamento é feito por médico, podendo ser realizado em consultório, sob rigorosa assepsia e consiste em 1 aplicação por semana, durante 3 a 5 semanas ou aplicação única, conforme especificação de cada medicamento. Os efeitos podem não ser imediatos, sendo iniciados gradualmente cerca de 48hs após a aplicação e podendo permanecer por vários meses.

Pacientes com quadro de derrame articular (excesso de líquido na articulação), este deve ser primeiro drenado (punção articular) para após aplicar o produto. Quadros inflamatórios impotentes, lesões de pele na região da infiltração e suspeita de infecção são contraindicações para a infiltração.

A intensidade da melhora dos sintomas e da progressão da lesão são muito individuais, sendo que nas lesões mais avançadas o efeito pode ser menos duradouro.

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe