lesão no ligamento do joelho

Saiba mais sobre a lesão dos ligamentos do joelho

Os ligamentos são estruturas que estabilizam as articulações com a função principal de impedir o deslocamento anormal entre dois ossos. No joelho, existem quatro ligamentos principais: os cruzados anterior (LCA) e posterior (LCP) e os colaterais medial (LCM) e lateral (LCL). Quando existe a ruptura de um destes ligamentos, o joelho pode se tornar instável e leva a episódios de falseio, dor e inchaço.

Tipos de lesão do ligamento do joelho

Lesão do Ligamento Colateral Medial

Essa é a lesão ligamentar mais comum do joelho. Quando o paciente é acometido de maneira isolada por uma lesão nesse ligamento, tende a apresentar dor e inchaço localizado, hemartrose (coleção de sangue dentro da articulação) e sensação de abertura da articulação em determinados movimentos.

Lesão do Ligamento Colateral Lateral

Lesões deste ligamento são menos comuns. Entretanto, quando ocorrem, geralmente são mais graves e raramente são lesões isoladas.

Lesão do Ligamento Cruzado Anterior

São lesões ligamentares comuns nos esportes em que os atletas necessitam mudança brusca de direção e frenagem rápida, como acontece no futebol, basquetebol e esqui, por exemplo.

Lesão do Ligamento Cruzado Posterior

A sua lesão é muito menos comum do que a do cruzado anterior. Lesão isolada usualmente é resultado de queda sobre a parte anterior do joelho ou trauma de mais alta energia, como em acidentes de automóvel e motocicleta.
As lesões isoladas dos ligamentos colateral medial e cruzado posterior são geralmente de tratamento conservador, já que diferentemente do ligamento cruzado anterior e do colateral lateral, elas apresentam boa capacidade de cicatrização. O tratamento se faz pode meio de medicamentos, imobilizações específicas para cada tipo de lesão e fisioterapia. Existe a necessidade de controle médico periódico a fim de avaliar se está ocorrendo uma cicatrização eficaz do ligamento.
O tratamento das lesões do ligamento cruzado anterior é preferencialmente cirúrgico, com a necessidade de restabelecimento da estabilidade do joelho a fim de evitar lesões a outras estruturas, como meniscos e cartilagem. Para tal propósito, é feito a reconstrução do ligamento com a utilização de enxertos de tendão (da coxa ou tendão patelar) do próprio paciente ou de cadáveres (banco de tecido). As lesões que envolvem mais de um ligamento são consideradas mais complexas e normalmente necessitam de abordagem cirúrgica.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em Belo Horizonte!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe